fbpx

Como viver com pessoas surtadas

Nesse artigo o Prof. Tibério Z responde a pergunta da aluna sobre como viver com pessoas surtadas e o que fazer nesse caso.

Abrindo mão. Uma das duas partes tem que abrir mão.

Está descontrolada? Ok, fica lá olhando a pessoa. Não fica incitando, não fica colocando mais energia negativa, não fica brigando.

Fica lá olhando a pessoa e falando “Tá bom”. Afinal de contas, é a outra pessoa e não você que está em surto.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

As pessoas tem sombras

Ela tem as sombras dela, ela vai colher o que planta pelas sombras dela, ela vai ter reações na vida relacionadas a essas sombras, e ninguém pode fazer nada a respeito disso.

A pessoa tem que chegar a um ponto de amadurecimento sozinha. Se algumas pessoas chegam antes, ou nunca chegam, a esse ponto de amadurecimento, apenas compreenda: “Ok, a pessoa está desequilibrada.”

Porém, geralmente, o que nós fazemos? Tentamos ficar confrontando as pessoas desequilibradas, falamos coisas que as deixam mais desequilibradas ainda.

Nisso, começa a gritaria, e elas se desequilibram mais ainda. Apenas fique quieto e observe. Enquanto essa pessoa está lá, fora de equilíbrio, aproveite para pensar em um projeto seu, em uma viagem legal que você fez.

Espere a sombra abaixar

Espere a pessoa acabar o surto dela, esse processo em que o ego se desequilibrou e as sombras cresceram e tomaram conta dela.

Vai fazer o quê? Todos nós passamos por isso na vida. Paciência… Veio a atingir o seu lar? Diga “Está bem, espera aí que eu já volto. Eu vou ali na padaria e já volto.” Saia andando, vá até a padaria, espere umas duas horas e volte.

Se a pessoa continua desequilibrada, então vá dormir. Acordou e a pessoa continua desequilibrada? Vá trabalhar.

O que você pode fazer? O que podemos fazer? A pergunta é essa. Não tem o que fazer.

A pessoa está surtada, o que podemos fazer é, no máximo, oferecermos ajuda: “Olha, você precisa ir a um psicólogo, fazer uma terapia…”.

Se a pessoa não quiser a nossa ajuda, paciência.

O primeiro passo para uma pessoa deixar de ser alcoólatra é admitir que é viciada. Quando ela admite o vício, aí ela começa o tratamento. Se a pessoa não quer ajuda, o que você pode fazer? Nada.

Se a sua vida começou a desmoronar por conta dessa pessoa, pegue as suas coisas e saia de casa. “Ah, mas onde eu vou morar?”. Não sei. Faça isso ou conviva com a pessoa sem deixar ela te afetar.

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-20884-9

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.