fbpx

Dinheiro é escolha

Dinheiro é escolha e quanto mais capacidade financeira mais opções de escolhas você tem.
dinheiro é escolha

Estamos iniciando o segundo módulo, e proponho, agora, que façamos um exercício. É muito importante que ele seja feito antes de continuarmos o curso, porque vamos utilizá-lo ao longo das aulas. Vocês irão, em breve, entender o porquê.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Para fazer o exercício, pegue uma folha sulfite e a divida, com uma caneta, em duas colunas. Na coluna da esquerda, escreva em cima: “Ideias negativas que eu tenho a respeito do dinheiro”. Na coluna da direita, escreva: “ideias positivas que eu tenho a respeito do dinheiro”. Preencha essas duas colunas com as suas ideias, deixando a mente fluir, sem tentar mascarar, suavizar ou esconder os pensamentos.

Escreva o que realmente pensa de negativo e positivo em relação ao dinheiro, sem julgamentos. Depois que concluir o exercício, prossiga normalmente o curso.

Com o exercício da aula anterior feito, seguiremos o nosso módulo. A partir de agora, começaremos a entender todo o raciocínio que trabalhamos até aqui considerando os conceitos aprendidos e o exercício feito.

No exercício, vocês deviam escrever do lado direito do papel tudo o que achavam de positivo em relação ao dinheiro. Essa lista deve ter ficado mais ou menos assim: proporcionar liberdade, viver com conforto, poder ajudar o próximo etc. Costumamos colocar na lista de qualidades positivas do dinheiro o que acreditamos que ele nos trará de bom. Mas, na verdade, não é o dinheiro que nos traz tudo isso.

Sei que argumentarão que podemos sim comprar conforto e liberdade com o dinheiro. Mas vamos, então, refletir mais profundamente sobre o dinheiro e essa questão. Para a Cabala, a palavra dinheiro significa escolhas. Assim, quanto mais dinheiro, mais possibilidade de escolhas temos. Logo, o dinheiro é apenas esse símbolo que representa as possibilidades de escolhas que podemos ter na vida.

O dinheiro, em si, não é nada. O papel, o ouro, a prata, ou mesmo o número na conta bancária, são só símbolos sociais que nos possibilitam escolher mais ou escolher menos. E repito: quanto mais dinheiro temos, mais escolhas podemos ter; quanto menos dinheiro temos, menos escolhas podemos fazer.

Agora, retomaremos o tópico sobre ego e o Divino, porque o importante não é o dinheiro em si, e sim quem escolhe o que fazer com ele. Se é a nossa parte Divina que escolhe, nenhum problema. Se é o nosso ego que escolhe, todos os problemas.

O dinheiro em si não traz nem o negativo nem o positivo para a nossa vida. O que traz o negativo ou o positivo é quem escolhe o que fazer com ele. Essa é a grande chave da questão.

Nas ideias negativas a respeito do dinheiro, vocês podem ter colocado, por exemplo, que ele traz a corrupção. Porém, não é o dinheiro que traz a corrupção. As pessoas é que são corruptas, é o desequilíbrio entre o Divino e o ego delas que as tornam desonestas. Vocês podem ter mencionado, ainda, que o dinheiro traz desigualdade social, mas, do mesmo modo que a corrupção, não é o dinheiro que traz a desigualdade, e sim as pessoas que possuem poder e que escolhem promovê-la. A desigualdade está dentro dessas pessoas, e elas escolhem, por meio do dinheiro, amplificá-la. Logo, os problemas e as soluções de todos os problemas sociais e pessoais que enfrentamos não estão no dinheiro, estão dentro de nós.

O dinheiro, repito, representa as escolhas que podemos ter. Então, uma pessoa com muito dinheiro, mas que sempre faz suas escolhas através do ego, vai usar o dinheiro de forma a trazer problemas para ela e para todas as pessoas ao redor. E outra pessoa que também tenha muito dinheiro, mas que faz suas escolhas mobilizando o Divino, trará soluções e melhorias para si e para todos à sua volta.

Precisa ficar claro que quem gera problema ou solução não é o dinheiro, são as pessoas. Mais precisamente, é o desequilíbrio entre Divino e ego, em cada um, que gera todos os tipos de problemas. E claro, quanto mais dinheiro uma pessoa tem, mais ela pode equilibrar ou desequilibrar a balança. Mas sempre se trata da pessoa que usa o dinheiro, e não dele em si mesmo.

Por isso, precisamos parar de culpar o dinheiro por todos os males do mundo, porque estamos apenas tirando o foco da causa real. Usamos esse elemento como um artifício para justificar tudo de negativo que fazemos.

Não desmatamos uma floresta por causa do dinheiro, desmatamos porque há pessoas com o ego desequilibrado, que querem provar para si e para o mundo que podem fazer o que quiserem com a natureza.

A questão não é o dinheiro, e sim o afastamento delas com sua essência Divina. Então, vamos tirar da nossa mente a ideia de que dinheiro é causa ou solução de algo.

O dinheiro é apenas um símbolo que significa as escolhas que podemos ter. E o que realmente faz diferença para nós e para o mundo é se essas escolhas vêm do ego ou do Divino. E como somos nós que damos oportunidade de ação para eles, nós escolhemos se vamos utilizar o dinheiro para ajudar ou para prejudicar. Portanto, é sempre uma escolha, uma responsabilidade individual, e não uma propriedade do dinheiro em si.

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.