fbpx

Falta de disciplina

Falta de disciplina

A falta de disciplina é mais uma das causas do fracasso, pois precisamos dela para tudo o que fazemos. Sem disciplina, não há construção na terceira dimensão – aliás, arrisco dizer que em dimensão nenhuma.

Quando não temos disciplina, começamos algo e não terminamos, temos vários projetos abertos, mas não evoluímos nenhum. Somos como um barco à deriva nos acontecimentos do dia.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Podemos até acordar determinados a fazer as tarefas necessárias, mas, ao longo do dia, essa vontade vai minguando e acabamos por irmos dormir com uma coleção de ações inacabadas. Quando nos sentimos assim, precisamos colocar foco em começar e terminar uma única ação.

Ao estabelecermos que não vamos começar uma ação nova sem concluirmos a anterior, estamos treinando nossa atenção plena, a qual é fundamental na aquisição da autodisciplina. Por exemplo, se vamos cozinhar, começamos e terminamos de cozinhar. Se vamos responder e-mails, começamos e terminamos de responder e-mails. Desse modo, colocamos sempre o máximo de atenção possível ao executarmos essas ações. Então, não cozinhamos pensando no trabalho, não trabalhamos pensando no fim de semana e não descansamos pensando nos e-mails.

Além disso, adquirir disciplina é uma questão de hábito. Trabalho há 20 anos em casa e, assim, aprendi diariamente a me disciplinar para fazer o que precisa ser feito. Isso porque, estando em casa, seria muito fácil me distrair com outras tarefas. Portanto, começo a trabalhar às 8 horas e não paro para realizar outras tarefas que não sejam as demandas do trabalho. Ademais, sempre organizo minha agenda do dia seguinte na noite anterior. Uma vez que concluí as tarefas que determinei, sinto satisfação por ter feito o que me propus. Também há, claro, dias em que decido não fazer nada porque preciso descansar. Nesse caso, também é necessário disciplina, ou ficamos preocupados com o trabalho enquanto descansamos. Sim, disciplina também é fazer nada, ver televisão, ler um livro ou mesmo dormir.

Não estamos falando de disciplina militar aqui, pois a disciplina não é somente relacionada ao trabalho, e sim à capacidade de presença em nossas ações.

Disciplina é nos concentramos no que estamos fazendo e só começarmos uma nova tarefa quando a anterior estiver concluída. Então, se vou passear no parque com minha cachorrinha, nem levo o celular. Não importa se alguém me ligar, aquele é meu momento com ela. Quando estiver no momento de receber ligações, respondo com atenção. Disciplinar a vida é isso, colocar tudo no seu lugar.

Ter disciplina nos projetos é começá-los e concluí-los antes de partir para o próximo. Quando começamos projetos e não terminamos, não conseguimos ter a experiência que esse projeto nos traria, seja ela positiva ou negativa.

Se decidimos vender bolos, precisamos de pelo menos um ano de prática para que, no final desse prazo, olhemos para trás e vejamos o que aprendemos. Agora, se começamos a vender bolo em janeiro, em março estamos vendendo chocolate e em maio largamos tudo, o que aprendemos sobre essas atividades? O caos mental está dominando a nossa mente.

No teatro, existe um exercício muito bom em que o ator deve falar ações com começo e fim. Por exemplo: “Vou pegar o caderno. Começo. Peguei o caderno. Fim. Agora vou folhear o caderno. Começo. Folheei o caderno. Fim.” Esse exercício é interessante porque ilustra que, sem essa noção de começo e fim, a mente entra em pane, pois olhamos um monte de projetos inacabados, tudo pela metade a se acumular, e nos sentimos impotentes e paralisados por essa situação.

Por isso, sem disciplina não há como ter sucesso na vida. A indisciplina rouba nosso poder pessoal, porque sentimos que não somos capazes de concluir nada. E podemos mentir para todo mundo, mas não podemos mentir para nós mesmos sobre como nossa palavra não tem valor. Portanto, lembrem-se: tudo precisa de um começo e um fim.

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.