fbpx

Má saúde

Má saúde

A má saúde é uma das causas do fracasso, pois precisamos do nosso corpo físico para realizarmos qualquer coisa na terceira dimensão, visto que ele é nosso veículo de manifestação aqui.

O corpo físico é o primeiro estágio em que a energia precisa estar alinhada, pois é muito difícil fazer qualquer tarefa sem energia física, sem os hormônios e os neurotransmissores apresentarem taxas ótimas no organismo.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Minha mãe, por exemplo, trata uma disfunção na tireoide há muito tempo, mas, mesmo seguindo o tratamento, andava se sentindo totalmente esgotada. Então, foi ao médico, reajustou a dose do remédio e o ânimo dela voltou. Posso dizer que ela ficou outra mulher.

Sabemos, também, que atividades físicas liberam endorfinas, serotonina e vários neurotransmissores do “bem”. Então, muitas vezes, estamos nos sentimos fracassados, desanimados e sem disposição simplesmente pela falta desse equilíbrio químico.

Imaginem que queremos ir à outra cidade de carro, mas o carro está todo esculhambado, com o óleo vencido e os pneus murchos. Nem mesmo lembramos a última vez que fizemos uma revisão. Iremos viajar tranquilos? Acredito que não, pois sabemos que, a qualquer momento, o carro pode quebrar e nos deixar na mão. Por outro lado, se viajamos com um carro em ordem, temos menos chances de problemas e aproveitamos mais o caminho. Com o corpo físico, ocorre o mesmo.

Além disso, existem nossos desejos, parte advindos do ego e parte advindos da consciência, os quais precisam ser realizados pelo corpo físico. Afinal, quem vai digitar o livro, abrir a loja, aplicar o Reiki? O corpo físico.

Quem trabalha com terapias holísticas sabe que é comum clientes acreditarem que estão sofrendo influência de um obsessor por estarem sem energia. Porém, quando começamos a conversar com a pessoa que se queixa diante de nós, percebemos que ela não só se alimenta mal, como também não pratica exercícios e há anos não sabe o que é uma boa noite de sono. Nesses casos, sempre indico pequenas mudanças na rotina, e os resultados logo aparecem, ou seja, a baixa energia era decorrente dos maus hábitos da pessoa, e não de influência espiritual.

Pode parecer óbvio, mas a maioria das pessoas não percebe o quão fundamental é termos bons hábitos visando a uma boa saúde. Afinal, não conseguimos nem ser produtivos tendo dormido mal ou estando com dor. Não tem como sermos produtivos nesses contextos porque o corpo físico é a nossa base, de modo que, se ele não estiver em ordem, dificilmente o resto estará. E, novamente, isso envolve conhecimento e disciplina: conhecimento sobre o funcionamento do corpo físico e acerca de suas necessidades enquanto organismo; e disciplina para fazer o que precisa ser feito. Claro, devemos buscar ajuda profissional sempre que necessário.

Alguns podem contestar como alguém que trabalha com terapias holísticas pode indicar a medicina ocidental. O que digo é que, em todas as áreas, seja na medicina, seja nas terapias holísticas, haverá bons e maus profissionais. Agora, julgar toda uma categoria por uma experiência negativa ou por achismo é pensar como quem julga todas as terapias holísticas como charlatanismo somente porque algumas pessoas desse segmento realmente o são.

Além disso, precisamos esquecer essa ideia de que o físico e o espiritual estão separados. Não existe isso, tudo é uma coisa só. O corpo físico também é espiritual. O que acontece é que, em nossa sociedade, estuda-se tudo em separado, mas isso não significa que, na realidade, o sistema seja assim. Então, o primeiro passo é colocar o corpo em ordem.

Para isso, mudamos hábitos, vamos ao médico, desenvolvemos a disciplina e o autocuidado, o que for necessário para termos uma boa saúde. Isso é essencial porque é nosso corpo físico que vai nos colocar em pé de manhã rumo a buscarmos o que queremos para nós e para o mundo.

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.