fbpx

Não bajular

Não bajular

Esse princípio nos diz para não bajularmos alguém para ganhar algo em troca. Afinal, quando fazemos isso, estamos usando a pessoa, e imagino que nenhum de nós gostaria que fizessem isso com a gente, certo?

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Algumas pessoas falam sempre o que os outros querem ouvir com a desculpa de não quererem ser desagradáveis, mas a verdade é que, quando não somos sinceros, a chance de falarmos algo que prejudica a outra pessoa é muito grande.

Isso é especialmente danoso em terapeutas. Alguns preferem ficar dez anos dizendo o que o cliente quer ouvir do que arriscar dizer a verdade e perder o cliente. Mas quem tem mais chances de ajudar: aquele que não fala nada ou aquele que, empaticamente, diz que a pessoa está errando em algum comportamento?

Em nossa sociedade, ser sincero é realmente um desafio. Basta ligarmos a televisão para vermos o quanto somos bajulados pela publicidade, pelos políticos, por todos – tudo porque, assim, conseguem nos enganar mais facilmente.

Mas isso só acontece porque as pessoas querem ser bajuladas. Elas aceitam serem enganadas porque elas fogem da verdade. Novamente, é a ideia do rei e do súdito. Há pessoas que, como um rei, querem ter súditos, querem comprar pessoas que fiquem ao redor e que digam somente o que é confortável de ouvir. Porém, isso é uma ilusão, não existe rei e não existe súdito.

Depois, esses indivíduos reclamam que as pessoas só se aproximam deles por interesse. Mas como poderia ser de outra forma se essa é a forma como a pessoa se relaciona com os demais?

O preço de não querer escutar a verdade e de buscar alimentar continuamente o ego é a zona de conforto. A pessoa que diz que não somos tão fortes, inteligentes ou legais quanto imaginamos certamente não é um súdito nosso. Geralmente, não vemos a benção de ter por perto pessoas com coragem para nos dizer verdades. Em uma empresa, o funcionário que fizer uma crítica construtiva para o chefe, rapidamente será mandado embora. Já outro funcionário, que faz vista grossa para todos os erros dos seus superiores, é um ótimo súdito e será mantido na empresa. Isso porque poucos chefes querem ter pessoas que pensam, a maioria busca bajuladores.

Vejam, errar não é problema, mas só nos rodearmos de pessoas que irão nos iludir sobre nossos atos, fingindo que eles são bons, mesmo quando não são, irá, em algum momento, nos trazer problema.

Além disso, os incentivadores da zona de conforto querem algo em troca: que nós também sejamos bajuladores. Assim, uma sociedade hipócrita é criada – uma sociedade em que ninguém fala para o outro a verdade.

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.