O que são as substâncias vitais MTC

Substâncias vitais mtc

Substâncias vitais na MTC são o alicerce sobre o qual a Medicina Tradicional Chinesa constrói sua compreensão do corpo humano e seu funcionamento. Este artigo explora a importância dessas substâncias — Qi, Xue, Jing, Shen e Jin Ye — detalhando suas funções, inter-relações e o impacto que têm na saúde e no bem-estar.

Ao entender os princípios que regem essas substâncias vitais, revelamos como a MTC aborda a prevenção e o tratamento de doenças, destacando a sua perspectiva única sobre a manutenção da saúde e a promoção da longevidade.

O Conceito de Substâncias Vitais MTC

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o conceito de substâncias vitais é essencial para compreender como o corpo humano é percebido e tratado dentro deste sistema de saúde milenar. As substâncias vitais são elementos fundamentais que sustentam a vida, promovem o desenvolvimento, regulam funções fisiológicas e mantêm o equilíbrio e a harmonia do corpo e da mente. Enquanto a MTC reconhece várias substâncias vitais, todas elas juntas formam a base sobre a qual a saúde e o bem-estar são construídos e mantidos.

Essas substâncias são consideradas vitais não apenas porque são essenciais para a vida, mas também porque cada uma delas desempenha papéis específicos e interconectados que afetam o funcionamento do corpo em múltiplos níveis. Elas circulam pelo corpo, alimentando e sustentando órgãos e tecidos, defendendo contra doenças, e facilitando a comunicação entre sistemas corporais.

Além disso, as substâncias vitais são influenciadas por fatores externos e internos, incluindo dieta, atividade física, estresse emocional e o ambiente, o que destaca a abordagem holística da MTC ao cuidado com a saúde.

Na prática da MTC, o diagnóstico e o tratamento de doenças frequentemente giram em torno da identificação e correção de desequilíbrios nas substâncias vitais. Por meio de métodos como acupuntura, fitoterapia, dietoterapia e práticas de Qi Gong, os praticantes de MTC buscam restaurar o equilíbrio dessas substâncias essenciais, promovendo assim a cura e o bem-estar.

A compreensão e o manejo eficaz das substâncias vitais permitem abordar a saúde de maneira integrada, tratando não apenas os sintomas, mas também as causas subjacentes das doenças, em busca de uma vida longa e saudável.

Substâncias Vitais MTC – Qi

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o Qi é um conceito central que descreve a energia vital circulando em todos os seres vivos e no universo. Este conceito abrange não apenas a saúde física, mas também a saúde mental e emocional. Entender o Qi, suas funções e seus tipos é essencial para a aplicação prática da MTC no cuidado com a saúde.

O Qi é frequentemente traduzido como “energia vital”. Ele é considerado a força animadora que dá vida a todas as coisas. No corpo humano, o Qi é responsável por promover as atividades vitais, incluindo o movimento, o metabolismo e a manutenção das funções orgânicas. Caracteriza-se por sua dinamicidade e capacidade de transformação, sendo fundamental para a adaptação do organismo às mudanças internas e externas.

Funções do Qi no Corpo

O Qi desempenha várias funções críticas no corpo:

Promove Atividades Vitais: Impulsiona o movimento e as funções orgânicas, sustentando a vida.

Defende Contra Doenças: O “Wei Qi” ou Qi defensivo protege o corpo contra patógenos externos.

Transforma e Transporta: Essencial na digestão, absorção e distribuição de nutrientes e na eliminação de resíduos.

Regula: Mantém o equilíbrio dos fluidos corporais, a temperatura e assegura o funcionamento harmonioso dos órgãos.

Tipos de Qi e Sua Importância

Existem vários tipos de Qi no corpo, cada um com funções específicas:

Qi Original (Yuan Qi): A base da energia vital, derivada dos pais e armazenada nos rins. É a fonte para a produção de outros tipos de Qi.

Qi Adquirido: Formado a partir do ar que respiramos (Qi do Céu) e dos alimentos que consumimos (Qi dos Alimentos). Essencial para o dia a dia.

Qi Defensivo (Wei Qi): Circula na superfície do corpo, protegendo contra doenças e regulando a temperatura.

Qi dos Órgãos (Zang-Fu Qi): Cada órgão tem seu próprio Qi, essencial para suas funções específicas.

A saúde é vista como um reflexo do equilíbrio e da harmonia do Qi no corpo. Desequilíbrios ou bloqueios no fluxo de Qi podem levar a doenças. Por isso, práticas como acupuntura, fitoterapia e Qigong são usadas na MTC para regular o Qi, promovendo saúde e prevenindo doenças. Compreender o Qi em sua complexidade permite uma abordagem holística da saúde, reconhecendo a interconexão entre corpo, mente e ambiente.

substâncias vitais mtc

Substâncias vitais MTC – Xue

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o Xue (Sangue) é considerado uma das substâncias vitais fundamentais para a manutenção da saúde e do bem-estar. Junto com o Qi (energia vital), forma a base para a exploração de muitos aspectos da fisiologia e patologia dentro deste sistema de saúde.

A compreensão do Xue, sua relação com o Qi e os distúrbios a ele relacionados oferece insights valiosos sobre a abordagem holística da MTC para o diagnóstico e tratamento.

Na MTC, o Xue não se refere apenas ao sangue físico que circula pelo corpo, mas também a um conceito mais amplo que inclui suas funções nutritivas e seu papel no sustento da mente e do espírito (Shen).

O Xue é responsável por nutrir os órgãos e tecidos, manter a umidade adequada do corpo e apoiar as funções mentais, contribuindo para a clareza de pensamento e a estabilidade emocional. A qualidade e a quantidade adequadas de Xue são essenciais para a saúde e a vitalidade.

Relação entre Qi e Xue

O Qi e o Xue têm uma relação intrínseca e interdependente. O Qi é considerado o comandante do Xue, impulsionando sua circulação pelo corpo, enquanto o Xue é visto como a mãe do Qi, fornecendo a substância física que o Qi precisa para se materializar e realizar suas funções. Um Qi forte assegura a circulação eficiente do Xue, e o Xue adequado fornece nutrição e suporte para a produção e atividades do Qi. Distúrbios em um podem afetar diretamente o outro, resultando em desequilíbrios de saúde.

Distúrbios Comuns Relacionados ao Xue

Desordens do Xue na MTC podem manifestar-se de várias maneiras, dependendo se há uma deficiência, estagnação ou calor no Xue. Uma deficiência de Xue pode levar a sintomas como palidez, tontura, lábios pálidos, unhas quebradiças e fadiga, refletindo a insuficiência na nutrição e na umidade dos tecidos.

Estagnação do Xue, por outro lado, pode resultar em dor fixa, massas palpáveis ou menstruação irregular, indicando um fluxo de sangue obstruído. Calor no Xue pode manifestar-se como pele seca, irritabilidade, insônia ou sangramento anormal, sugerindo um excesso de calor que perturba as funções normais do sangue.

Para tratar distúrbios do Xue, a MTC utiliza uma variedade de métodos, incluindo acupuntura, ervas medicinais e mudanças na dieta e no estilo de vida, visando restaurar o equilíbrio do Xue. Ervas que nutrem o Xue podem ser usadas para tratar deficiências, enquanto métodos para mover o Xue são aplicados em casos de estagnação. O manejo do calor no Xue pode envolver o uso de substâncias que esfriam o sangue.

Em resumo, o Xue desempenha um papel vital na MTC, com sua saúde e equilíbrio sendo fundamentais para o bem-estar geral. A relação simbiótica entre Qi e Xue sublinha a abordagem holística da MTC para a saúde, enfatizando a importância de um sistema harmonizado para a prevenção e tratamento de doenças.

Substâncias vitais na MTC – Jing (Essência)

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o Jing, ou essência, é uma das três tesouros vitais junto com Qi (energia vital) e Shen (espírito). O Jing desempenha um papel crucial na saúde e longevidade, servindo como a base para o crescimento, desenvolvimento, reprodução e envelhecimento. Sua conservação e nutrição adequadas são essenciais para manter a vitalidade e prevenir o envelhecimento precoce.

O Jing é frequentemente descrito como a essência mais condensada e potente do corpo, armazenada nos rins. Ele é a fundação da energia física e mental, influenciando a força constitucional, a vitalidade, a resistência e a capacidade de recuperação do organismo.

O Jing também é responsável por regular os processos de crescimento, maturação e reprodução. Uma reserva abundante de Jing assegura uma estrutura óssea forte, dentes saudáveis, cabelos brilhantes e uma mente aguçada.

Fontes de Jing: Pré-natal e Pós-natal

Existem dois tipos de Jing: pré-natal e pós-natal. O Jing pré-natal é herdado dos pais no momento da concepção e determina a constituição básica, a força e a saúde geral do indivíduo. Sua quantidade é fixa na nascença e lentamente consumida ao longo da vida. Por outro lado, o Jing pós-natal é adquirido através da dieta e do ar que respiramos, complementando e sustentando o Jing pré-natal. Uma nutrição adequada e um estilo de vida saudável são fundamentais para manter e aumentar o reservatório de Jing pós-natal.

Conservação e Nutrição do Jing

A conservação do Jing é considerada essencial para promover a longevidade e prevenir o envelhecimento. Práticas como Qigong e Tai Chi são recomendadas para fortalecer e preservar o Jing, promovendo a circulação de Qi e melhorando a saúde dos rins, onde o Jing é armazenado.

Além disso, evitar o excesso de trabalho, o estresse e comportamentos que drenam o Jing, como a superatividade sexual ou o consumo excessivo de substâncias estimulantes, é crucial para sua preservação.

A nutrição adequada desempenha um papel vital na manutenção do Jing. Alimentos que nutrem o Jing incluem cereais integrais, sementes, nozes, leguminosas, ovos, carne escura e frutos do mar. Esses alimentos fornecem nutrientes essenciais que ajudam a fortalecer o Jing pós-natal.

Substâncias vitais MTC – Shen (Espírito)

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o conceito de Shen, frequentemente traduzido como “espírito”, desempenha um papel fundamental no entendimento da saúde integral do ser humano. O Shen é uma das três tesouros fundamentais da MTC, juntamente com o Qi (energia vital) e o Jing (essência), e sua harmonia é essencial para o bem-estar físico, mental e emocional.

O Shen representa a consciência, a mente e as emoções. Na MTC, acredita-se que o Shen resida no coração, que não só regula o sangue e o Qi mas também abriga o Shen, estabelecendo uma ligação direta entre o estado emocional e físico do indivíduo. Um Shen saudável manifesta-se por meio de uma mente clara, emoções equilibradas, bom sono e uma expressão facial vibrante.

Relação entre Shen e Outras Substâncias Vitais

O Shen tem uma relação íntima com as outras substâncias vitais. O Qi, por exemplo, é necessário para sustentar o Shen, fornecendo a energia necessária para as atividades mentais e emocionais. O Xue (sangue), especialmente o sangue do coração, oferece a morada física para o Shen.

Assim, a saúde do Shen depende diretamente da qualidade e da quantidade do Qi e do Xue. O Jing (essência) também influencia o Shen, pois uma essência robusta fornece a base para um Shen estável e uma mente forte.

Influência do Shen na Saúde Mental e Emocional

A saúde do Shen é crucial para a saúde mental e emocional. Um Shen perturbado pode resultar em ansiedade, insônia, confusão mental, depressão ou distúrbios emocionais. Por outro lado, um Shen bem nutrido e equilibrado promove clareza de pensamento, estabilidade emocional, e uma atitude positiva em relação à vida.

O tratamento na MTC para desequilíbrios do Shen envolve não apenas acupuntura e ervas medicinais, mas também recomendações dietéticas e mudanças no estilo de vida para fortalecer o coração, nutrir o sangue e promover o fluxo adequado de Qi. Práticas como meditação e Qi Gong também são encorajadas para cultivar a paz interior e fortalecer o Shen.

A manutenção de um Shen saudável é essencial para alcançar uma vida plena e equilibrada. A MTC oferece uma abordagem holística para tratar não apenas o corpo físico, mas também a mente e o espírito, reconhecendo a importância de um Shen equilibrado para a saúde geral e o bem-estar. Assim, cuidar do Shen é cuidar da essência da vida, permitindo que o indivíduo viva de forma mais harmoniosa e plena.

Substâncias Vitais MTC – Jin Ye (Fluidos Corporais)

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), os Jin Ye, ou fluidos corporais, são componentes cruciais que desempenham papéis essenciais no funcionamento do corpo. Esses fluidos são responsáveis por várias funções, desde a nutrição e a hidratação até a proteção e a lubrificação dos tecidos. A manutenção do equilíbrio desses fluidos é vital para a saúde, e seu desequilíbrio pode levar a uma série de problemas.

Os Jin Ye englobam todos os líquidos produzidos e circulantes dentro do corpo, excluindo o sangue, que é considerado separadamente como Xue na MTC. Esses fluidos são classificados em duas categorias principais: os “fluidos mais finos” (Jin) e os “fluidos mais densos” (Ye).

Os Jin são líquidos que circulam rapidamente e hidratam a pele e os músculos, incluindo suor, lágrimas e saliva. Os Ye, por outro lado, são fluidos mais viscosos que nutrem as articulações, o cérebro, a medula espinhal e os órgãos internos, como o líquido sinovial e o líquido cerebrospinal.

Funções e Regulação dos Jin Ye

Os Jin Ye têm várias funções importantes:

Hidratação e Nutrição: Eles fornecem a umidade necessária para os tecidos do corpo e facilitam o transporte de nutrientes.

Lubrificação: Protegem contra o atrito entre tecidos, promovendo movimentos suaves e funcionamento adequado dos órgãos.

Proteção: Atuam como barreira contra invasores externos e ajudam na regulação da temperatura corporal.

A regulação dos Jin Ye depende do equilíbrio saudável entre a absorção, distribuição e excreção de fluidos, processos estes fortemente influenciados pelo Qi, especialmente o Qi dos Pulmões, Baço e Rins. O Qi dos Pulmões ajuda a dispersar e a descer os fluidos, o Baço transforma e transporta os fluidos nutricionais, e os Rins controlam a recepção e a excreção dos fluidos.

Desequilíbrios Comuns e seu Impacto na Saúde

Os desequilíbrios nos Jin Ye podem manifestar-se de várias formas:

Deficiência de Fluidos: Pode resultar em secura nos olhos, boca, pele e órgãos internos, levando a sintomas como constipação, sede excessiva e pele seca.

Acúmulo ou Estagnação: Pode causar edema, sensação de peso, acúmulo de mucosidade e problemas urinários.

A identificação e o tratamento desses desequilíbrios envolvem a avaliação do estilo de vida, dieta e práticas de saúde do indivíduo. Tratamentos na MTC, incluindo acupuntura, ervas e ajustes na dieta, visam restabelecer o equilíbrio dos Jin Ye, melhorando assim a saúde geral.

Substâncias Vitais

Diagnóstico e Avaliação das Substâncias Vitais

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o diagnóstico e a avaliação das substâncias vitais são fundamentais para compreender a condição de saúde de um indivíduo. Essas substâncias incluem Qi (energia vital), Xue (sangue), Jing (essência), Shen (espírito) e Jin Ye (fluidos corporais). Identificar desequilíbrios nessas substâncias permite aos praticantes de MTC formular tratamentos eficazes para restaurar a harmonia e o bem-estar.

Métodos de Diagnóstico na MTC

O diagnóstico na MTC é um processo holístico que utiliza várias técnicas para obter uma compreensão completa do estado de saúde do paciente. Os métodos principais incluem:

Inspeção: Observação da aparência física, incluindo a pele, os olhos, a língua e outros aspectos físicos. A língua, em particular, é considerada um mapa que reflete a saúde dos órgãos internos.

Ausculta e Olfato: Escutar os sons do corpo, como a voz e a respiração, e notar odores corporais, que podem indicar desequilíbrios específicos.

Interrogatório: Questionamento detalhado sobre sintomas, histórico médico, estilo de vida, dieta, emoções e outros fatores que podem influenciar a saúde.

Palpação: Inclui a palpação de pontos específicos do corpo e, mais notavelmente, a verificação do pulso em diferentes posições e profundidades para avaliar a qualidade do Qi, Xue e das outras substâncias vitais.

Identificação de Desequilíbrios das Substâncias Vitais

Os desequilíbrios nas substâncias vitais manifestam-se de diversas formas, dependendo da substância afetada:

Qi: A deficiência de Qi pode levar a fadiga e fraqueza, enquanto o Qi estagnado pode causar dor e distúrbios emocionais.

Xue: A deficiência de Xue pode resultar em palidez, tontura e insônia, enquanto a estagnação do Xue pode causar dor fixa e problemas menstruais.

Jing: A deficiência de Jing pode levar ao envelhecimento precoce, fraqueza nas costas e joelhos, e diminuição da fertilidade.

Shen: Distúrbios do Shen podem manifestar-se como ansiedade, confusão mental e distúrbios do sono.

Jin Ye: O desequilíbrio nos fluidos corporais pode causar secura ou excesso de umidade, afetando a digestão, a pele e as funções excretoras.

Exemplos Práticos de Diagnóstico Baseado nas Substâncias Vitais

Um paciente com fadiga crônica, por exemplo, pode ser diagnosticado com deficiência de Qi. A análise da língua pode revelar uma cor pálida, indicando possível deficiência de Xue. A palpação do pulso pode mostrar um pulso fraco, reforçando o diagnóstico de deficiência de Qi e Xue.

Outro exemplo é um paciente com insônia e ansiedade, que pode ter um Shen perturbado. O interrogatório pode revelar estresse emocional ou excesso de trabalho como fatores contribuintes. A observação da língua e a palpação do pulso ajudariam a confirmar o diagnóstico e a orientar a escolha do tratamento.

A MTC aborda o diagnóstico e a avaliação das substâncias vitais de maneira integrada, considerando as manifestações físicas, emocionais e espirituais do desequilíbrio. Essa abordagem holística permite aos praticantes desenvolver planos de tratamento personalizados que visam não apenas aliviar os sintomas, mas também tratar a raiz dos desequilíbrios, promovendo a saúde e o bem-estar duradouros.

Curso de Medicina Chinesa

Tratamento e Manejo das Substâncias Vitais

Na Medicina Tradicional Chinesa (MTC), o tratamento e manejo da saúde visam nutrir e equilibrar as substâncias vitais: Qi (energia vital), Xue (sangue), Jing (essência), Shen (espírito) e Jin Ye (fluidos corporais).

A MTC utiliza uma abordagem holística, integrando dietoterapia, fitoterapia, acupuntura e práticas de Qi Gong para promover o bem-estar e tratar desequilíbrios. Este texto explora estratégias e abordagens de tratamento específicas para cada substância vital, demonstrando a importância da integração de várias práticas terapêuticas.

Nutrir e equilibrar as substâncias vitais é fundamental para manter a saúde e prevenir doenças. Isso envolve uma dieta balanceada, estilo de vida saudável, exercícios regulares e, quando necessário, intervenções terapêuticas específicas para tratar desequilíbrios.

Abordagens de Tratamento Específicas para Cada Substância Vital

Qi: Para tratar deficiências ou estagnação do Qi, a acupuntura é frequentemente utilizada para estimular pontos específicos, promovendo o fluxo adequado de Qi. Práticas de Qi Gong também são recomendadas para fortalecer o Qi através de exercícios respiratórios e movimentos físicos.

Xue: A fitoterapia chinesa oferece várias ervas que nutrem o sangue, como Dang Gui e Shu Di Huang. Dietas ricas em ferro e nutrientes também são importantes para melhorar a qualidade do Xue.

Jing: A conservação do Jing envolve evitar o excesso de trabalho e a exaustão. Alimentos que fortalecem o Jing incluem grãos, sementes e frutos do mar. Suplementos herbais também podem ser prescritos para nutrir a essência.

Shen: Práticas de meditação e acupuntura que focam no coração podem ajudar a acalmar o Shen, promovendo a estabilidade emocional e mental. A fitoterapia pode ser utilizada para tratar distúrbios do Shen, com ervas que acalmam a mente.

Jin Ye: Manter a hidratação adequada e consumir alimentos que promovem a produção de fluidos, como frutas e vegetais suculentos, são essenciais. A acupuntura pode ajudar a regular o metabolismo dos fluidos.

Integração de Dietoterapia, Fitoterapia, Acupuntura e Práticas de Qi Gong

A integração dessas práticas oferece uma abordagem abrangente para o tratamento e manejo das substâncias vitais.

Dietoterapia: Ajustes na dieta são fundamentais para fornecer os nutrientes necessários para nutrir as substâncias vitais, com recomendações personalizadas baseadas nas necessidades individuais de cada paciente.

Fitoterapia: Ervas medicinais são selecionadas para tratar desequilíbrios específicos, trabalhando em sinergia com a dieta e outras intervenções para restaurar a harmonia das substâncias vitais.

Acupuntura: Esta prática é utilizada para estimular pontos específicos no corpo, promovendo o equilíbrio do Qi, Xue e outros aspectos vitais, além de melhorar a circulação e reduzir o estresse.

Qi Gong: As práticas de Qi Gong fortalecem o Qi, melhoram a circulação do Xue e promovem o bem-estar geral, complementando as outras abordagens terapêuticas.

A combinação dessas terapias permite um tratamento personalizado e eficaz, abordando não apenas sintomas, mas também as causas subjacentes dos desequilíbrios das substâncias vitais. Assim, a MTC oferece uma rota valiosa para a saúde holística e o bem-estar duradouro.

Livros Recomendados

Imperador Amarelo – Princípios de Medicina Interna do Imperador Amarelo

Este livro é uma joia da literatura médica, oferecendo insights profundos sobre as raízes da Medicina Tradicional Chinesa (MTC). Explorando conceitos de Yin-Yang e Cinco Elementos, além de práticas de diagnóstico e terapêutica, é essencial para quem busca entender a sabedoria antiga aplicada à cura moderna.

Jeremy Ross – Zang Fu – Sistemas de Órgãos e Vísceras da Medicina Tradicional Chinesa

Uma obra indispensável para praticantes e estudiosos da MTC, detalhando a complexa rede de órgãos (Zang-Fu) e sua importância no diagnóstico e tratamento. Jeremy Ross oferece uma visão clara e aplicável das relações orgânicas, enriquecendo a prática clínica com conhecimento profundo.

Giovanni Maciocia – Os Fundamentos da Medicina Chinesa

Reconhecido como um dos textos mais completos sobre a MTC, este livro de Giovanni Maciocia é um guia essencial que cobre desde teorias fundamentais até diagnóstico e tratamento. Acessível a novatos e valioso para profissionais, é um recurso imprescindível para aprofundar na arte e ciência da medicina chinesa.

Conclusão

As substâncias vitais na MTC são elementos fundamentais que refletem a sabedoria milenar e a compreensão profunda da saúde e da doença. Através da exploração dessas substâncias — Qi, Xue, Jing, Shen e Jin Ye — a MTC oferece uma visão holística do corpo humano, destacando a interconexão e a interdependência de todos os aspectos da vida.

A abordagem para o tratamento e manejo das condições de saúde, focada na nutrição, equilíbrio e cuidado dessas substâncias vitais, revela o poder da MTC em promover o bem-estar e a harmonia.

Este artigo ofereceu uma visão geral das substâncias vitais, sublinhando seu papel crucial na manutenção da saúde e na prevenção de doenças. Ao compreender como estas substâncias interagem e influenciam o corpo e a mente, podemos apreciar a complexidade da MTC e sua abordagem única ao cuidado com a saúde.

A integração de práticas como dietoterapia, fitoterapia, acupuntura e Qi Gong na manutenção do equilíbrio dessas substâncias vitais é um testemunho da abordagem integrada da MTC para a cura, que considera o indivíduo como um todo.

As substâncias vitais na mtc são a essência da vida, e seu manejo adequado é a chave para uma vida longa e saudável. Este conhecimento antigo, ainda relevante hoje, oferece insights valiosos para quem busca uma abordagem mais holística e equilibrada para a saúde e o bem-estar.

Entre na lista

Inscreva-se para receber um presente e artigos semanais para aprofundar seus estudos:

via das águas mtc

Via das águas na MTC

Este artigo detalha a via das águas na MTC, abordando como o equilíbrio hídrico é essencial para a saúde, segundo os princípios da MTC.

Xue

O que é Xue ou Sangue na MTC

Este artigo reflete sobre o Xue na medicina chinesa, abordando sua importância, desequilíbrios, sinais, e métodos de tratamento.

yin e yang

O que é Yin e Yang

Este artigo aborda o Yin e Yang, princípios da filosofia oriental, destacando seu impacto na saúde, bem-estar, relações e crescimento pessoal.

O que é Chi

O que é Chi, Ki ou Qi

Descubra o que é Chi, a energia vital segundo a Medicina Tradicional Chinesa. Aprenda como equilibrá-lo para melhorar saúde e bem-estar.

atenção

Acabo de enviar um e-mail para você. Para garantir que receberá meu conteúdo, confirme sua inscrição clicando no link dentro do e-mail. Caso não encontre, verifique a caixa de spam. Aguardo você!

Inscreva-se no meu grupo

Inscreva-se no meu grupo do Telegram e receba diariamente artigos, vídeos, dicas de leitura, comunicados de lives e muito mais…