fbpx

O que são chakras

Nesse artigo vamos refletir sobre o que são chakras e a sua importância na manutenção da saúde e equilíbrio do corpo físico.
o que são chakras

Os chakras são centros de energia situados em todo nosso corpo energético. Os principais são sete em número e estão relacionados às diferentes áreas do nosso ser: físico, mental, emocional e espiritual. Cada chakra tem sua própria frequência vibracional e cor.

Os chakras são antenas dimensionais que captam e emitem a energia sutil que circula no universo. Também são portais da consciência, que nos permitem ter um maior entendimento das lições que precisamos aprender nesta vida.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Chakras e Hermetismo

Para entendermos os chakras, precisamos compreender o corpo físico.

Gosto de ressaltar essa ligação entre o corpo físico e o corpo energético, porque ela demonstra claramente o princípio hermético, que diz que o que está em cima está embaixo.

Ou seja, quando analisamos nossa realidade mais objetiva, a realidade que vemos, conseguimos tirar deduções para compreendermos praticamente tudo o que existe.

De fato, as sete leis herméticas nos apoiam nesse caminho de entendermos o físico e o espiritual.

A questão é nos aprofundarmos nas reflexões que seus sete axiomas trazem.

Por exemplo, se o que está em cima está embaixo, podemos observar que nosso corpo físico é formado por células, que essas células se organizam em órgãos e que cada órgão cumpre uma função específica.

Chakras e corpo etérico

O corpo etérico é uma cópia exata do nosso corpo físico, porém feito somente de energia.

As “células” que compõem esse corpo etérico são os chakras. Cada chakra do corpo energético é uma cópia exata de uma célula do corpo físico, porém em energia pura.

Portanto, quantos chakras temos? Trilhões! A mesma quantidade de células que nosso corpo físico possui.

Esses chakras, assim como as células do corpo físico, organizam-se entre si e formam órgãos, os quais são os conhecidos como sete chakras principais e alguns secundários.

Podemos dizer que os chakras são como antenas de Wi-Fi: eles se organizam para captar uma determinada frequência.

Por exemplo, o conjunto de chakras que formam o chakra básico se organiza e forma um campo receptor, bem como emissor, de um determinado tipo de frequência vibracional.

Quando eles se organizam e viram o chakra sexual, eles captam e emitem um outro tipo de frequência vibracional, e isso vale para todos os outros grandes chakras.

Agindo como um receptor de rádio, eles captam um tipo de frequência que é necessária para a manutenção da vida na terceira dimensão.

Tudo isso foi programado por geneticistas cósmicos, que projetaram a realidade tridimensional no planeta Terra com a finalidade de ancorar a consciência no corpo físico.

Fazer isso não é simples. Nossa ciência, por exemplo, não tem nem ideia de como fazer alguém voltar ao corpo depois da morte.

Reconectar o corpo físico e a consciência vai além das nossas capacidades atuais.

Assim, é um trabalho de engenharia Divina manter a consciência ligada ao corpo físico e os chakras fazem parte da tecnologia que mantém nossa consciência ancorada aqui.

Chakras e órgãos físicos

Podemos comparar os nossos grandes chakras com os órgãos do nosso corpo físico. Por exemplo: o chakra básico é comparável ao o baço; o chakra cardíaco ao coração; e o chakra plexo solar ao estômago.

Claro, isso é somente uma analogia, mas trago para começarmos a sair do misticismo em relação aos chakras.

Vimos que os chakras estão programados para captar frequências vibracionais específicas, e essas frequências são necessárias para mantermos nossa consciência aqui, para garantirmos a saúde do corpo físico em perfeito estado e, além disso, para transmitirmos informações para outros corpos dimensionais.

3 funções dos chakras

Então, os chakras têm três funções principais: manter a consciência ancorada no corpo físico; promover a saúde do corpo físico; e transmitir todas as informações que estamos vivendo para os outros corpos dimensionais.

Formato dos Chakras

Outro ponto importante sobre chakras é quanto ao seu formato. Muita gente imagina que os chakras têm o formato de uma bola, mas eles são cônicos.

Na verdade, um mesmo chakra é a junção de dois cones: um voltado para a parte da frente do corpo e o outro para a parte de trás.

Esses dois cones que formam o chakra ligam-se aos canais de energia como se fosse uma espinha dorsal. Lembrem-se: o que está em cima está embaixo.

CANAIS DE ENERGIA

Os chakras captam o chi e o mandam pelos canais de energia para abastecer nosso corpo físico energeticamente.

Para deixar claro, a nomenclatura nadis ou canais de energia é mais usada pelos indianos, e meridianos de acupuntura pelos chineses, mas todas são sinônimos.

Aqui usamos a nomenclatura chi, mas também poderíamos usar prana, energia vital e energia sutil, que também são sinônimos.

glândulas físicas

Como vimos, sete desses trilhões de chakras são considerados principais. Isso ocorre porque eles estão ligados de um modo especial ao nosso corpo físico, sendo conectados às glândulas.

Uma das funções principais das glândulas, em nosso corpo, é garantir a produção de hormônios.

Portanto, se temos uma alteração no fluxo energético desses chakras, nossa taxa hormonal também se altera.

Como sabemos, os hormônios regulam quase todas as funções corporais e, por isso, essa alteração no chakra é tão significativa para nós.

Trago o exemplo da minha mãe que, por um mês, andava sem vontade de levantar da cama e só queria dormir. Marcamos um endocrinologista, ela fez os exames indicados e constataram níveis baixíssimos dos hormônios da tireóide.

Com indicação médica, ela começou a repor esses hormônios e, então, a disposição de energia dela mudou completamente para melhor.

Inclusive, fica aqui o meu alerta, busquem ajuda médica quando se sentirem sem energia e apáticos.

Porque, vejam, nossa consciência está conectada a um robô biológico, que é o nosso corpo físico. A partir do momento em que a consciência está ancorada, ela sofre 99% de influência desse robô.

Dessa forma, toda a taxa química do corpo altera o padrão da consciência. Por isso, o caminho é sempre buscar o equilíbrio físico também.

Claro, existem grandes chances que esse desequilíbrio corporal tenha começado nos chakras.

Só que, uma vez que o desequilíbrio do chakra já afetou o funcionamento da glândula biológica e da saúde do corpo, não há como fugir de um tratamento físico para tentar restabelecer o equilíbrio.

Paralelo a esse tratamento e à mudança de hábitos, devemos trabalhar no reequilíbrio do chakra.

Porém, enfatizo: uma vez que o corpo físico esteja manifestando disfunções ou doenças, não adianta querer retroceder esse processo apenas regulando os chakras.

Podemos comparar o corpo a um carro, de maneira que, se o nível de óleo está baixo ou se precisamos trocar seu filtro, vamos ao mecânico.

Os médicos são os mecânicos do corpo físico. Eles estudam e entendem como consertá-lo, bem como de que modo devem fazer suas manutenções.

Importante esclarecer, também, que os desequilíbrios nos chakras, geralmente, levam anos para se manifestar sob a forma de doença no corpo físico.

Quando nossas glândulas estão danificadas, precisamos, paralelamente, cuidar da parte física e da parte energética.

Cuidar somente do físico, sem cuidar do equilíbrio dos chakras, pode implicar em um desequilíbrio recorrente do corpo, mesmo que ele esteja sendo cuidado.

Por isso, os tratamentos holísticos são uma terapia complementar. Cuidar do nosso corpo sutil complementa o cuidado com nosso corpo físico.

Aliás, esclarecendo mais um erro, terapeutas holísticos não tratam o corpo físico, eles tratam o corpo energético, que é onde estão os chakras.

Repito: não existem chakras no corpo físico! No corpo físico, existem moléculas, células e órgãos.

Claro, como vimos, embora os chakras estejam no corpo etérico, eles estão conectados diretamente às nossas células e às nossas glândulas.

Para falar de saúde em terapia holística, precisamos voltar à ideia inicial dos geneticistas cósmicos, daqueles que projetaram o corpo físico e energético, pois eles calibraram nosso corpo para que tivesse saúde, recebendo frequências vibracionais específicas.

Por exemplo, supondo que a frequência vibracional de saúde para o corpo seja 100, ao captar um fluxo de energia 100, o corpo se manterá saudável.

O corpo físico é programado para durar um número limitado de anos, mas, recebendo a frequência e a quantidade certa de energia, teremos saúde durante toda a vida.

Então, os chakras, quando estão funcionando corretamente, captando e emitindo as frequências vibracionais corretas, estão mandando a frequência e a quantidade correta de energia para o corpo físico manter-se com saúde.

Por sua vez, quando passamos a ter deficiências nos chakras, o corpo físico também começa a apresentar desequilíbrios e, logo, as doenças surgem.

Nisso entra a importância de cuidarmos de nosso corpo energético, pois podemos retardar ou evitar o aparecimento de doenças no corpo físico.

Porque a questão não é só estar vivo, é estar vivo com saúde, certo?

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-45615-8

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.