fbpx

Preconceito

Preconceito

Sinceramente, considero o preconceito a coisa mais imbecil que existe. Basta observarmos que há oito bilhões de pessoas na Terra, e que não existem duas iguais, para concluirmos que não existe um padrão na natureza.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Uma vez me perguntaram porque os ETs não fazem contato com a gente. A resposta é óbvia: pois não conseguimos nem resolver nossas diferenças, imagina lidar positivamente com um ET. Existem infinitos seres no universo. Temos ETs sob a forma de leão ou de louva-deus, e que são cabeçudos ou azuis, amarelos, verdes – tudo o que imaginarmos. Isso porque o Criador é criativo, e deveríamos admirar mais essa característica em Sua obra.

Se há preconceito entre os próprios humanos, o que não faríamos com esses seres se ousassem aparecer publicamente na Terra? Repito, o preconceito é imbecil, assim como o nível mínimo da consciência, o primitivismo e a energia animalesca. E os ETs sabem disso.

Só na natureza terrena existem milhares de tipos de animais e plantas, uma biodiversidade absurda, portanto, vocês acham que o preconceito é um aspecto natural do ser ou uma característica distorcida do ego? Quem nutre em si qualquer tipo de preconceito é incapaz de ver que a vida é diferente e diversa. Eu não sou igual a você, você não é igual ao José, e o José não é igual a mais ninguém.

Mas o que tudo isso tem a ver com prosperidade? Tem que qualquer tipo de preconceito nos afasta dela. Vejam, quem traz a prosperidade para a vida das pessoas são outras pessoas. Uma pessoa leva a prosperidade para a outra, pois, afinal, quem contrata o seu serviço? Quem compra o seu produto? Outra pessoa! E quando nutrimos qualquer nível de preconceito, nos afastamos das pessoas e passamos a viver em sistemas fechados.

Esse é o mesmo princípio das tribos ou gangues, e, embora esse seja um tipo de organização primitiva, é muito comum ainda hoje porque ainda acreditamos que aqueles que pensam diferente de nós estão errados. Mas imaginem se os crocodilos se juntassem em uma gangue para atacar os javalis porque eles os consideram seres imperfeitos. Ou se uma tribo de leões escravizasse tigres porque o pelo deles é diferente. Isso não soa absurdo?

Os animais atacam uns aos outros por uma questão de sobrevivência, não porque se julguem superiores. Afinal, essas separações que criamos não existem, pois o espírito não tem sexo, não tem cor, não tem nem mesmo forma.

O espírito é como uma bola de energia que vai reencarnando em corpos absolutamente diferentes, com desejos e vivências diversas, ao longo da eternidade. Por isso Jesus nos ensinou a amar o próximo, para respeitarmos as diferenças uns dos outros. E o respeito vem do entendimento de que todo ser é uma partícula de Deus dotada do livre-arbítrio de escolher o que quer para si. Portanto, é prepotência nossa querer julgar e modificar o modo como o outro decide viver.

Quem somos para saber o que é melhor para os outros? Deus? É um absurdo pensarmos que, quando o outro não segue a nossa cartilha, podemos declarar guerra e tentar erradicá-lo. E é isso que vemos no planeta inteiro.

Começa nas famílias e nas empresas, mas se expande para as cidades e países. Torna-se uma grande guerra coletiva em que todos estão discutindo para ver quem está com a razão em vez de trabalharmos cooperando uns com os outros.

Essa briga existe porque não compreendemos que a diversidade é a nossa natureza. Enquanto não aceitamos quem somos, não aceitamos o outro. Dessa forma, afastamos pessoas e limitamos cada vez mais a prosperidade em nossa vida. Simples assim.

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.