fbpx

Valorizar o trabalho do outro

Valorizar o trabalho do outro

Como a prosperidade é circular e coletiva, devemos sempre pagar e valorizar o trabalho das outras pessoas. Não posso falar pelo resto do mundo, mas sei que, no Brasil, isso é um desafio.

Inscreva-se para receber artigos toda semana

Temos aqui uma cultura que diz que o trabalho alheio não vale, ainda mais se falamos de serviços manuais e artísticos. Ninguém quer pagar o ator, o músico, o escritor, sobretudo porque acham que essas atividades não são trabalhos. Esses indivíduos também não querem pagar o encanador, porque acham R$ 300, para trocar um cano, caro, assim como não querem pagar um médico, porque acreditam que até o Google pode diagnosticá-los. Não querem pagar o dentista, porque ele ganha R$ 100 por consulta e é um explorador. O garçom também não merece ser pago porque ele já ganha o salário dele e não está fazendo mais do que sua obrigação.

Tudo isso muda de figura, claro, na hora de cobrarem pelos próprios serviços. Tem quem, mesmo ganhando em uma hora o que o outro cobra pela semana de trabalho, ache caro o serviço alheio. Com isso, sempre que vai pagar alguém, paga reclamando, pois acha que está sendo usurpado. Ou seja, o trabalho dele vale o que pagam, mas o dos outros não vale. Ele merece a prosperidade, mas ninguém mais merece.

É aquela mentalidade de “dono do mundo”, de que todo mundo está aqui para nos servir. Porém, se agimos e pensamos assim, atraímos gente na mesma frequência, gente que também não valoriza o nosso trabalho, assim como não valorizamos o dos outros. E como ter prosperidade na vida se não reconhecemos o trabalho de ninguém? Novamente, o Divino pensa no coletivo, todos têm direito à prosperidade. E quem não valoriza o trabalho alheio ainda não aprendeu a trocar.

Isso começa pelas contas básicas. Não estamos pagando a conta de água, estamos pagando o banho que tomamos todo dia, o conforto de ter água potável encanada, o arroz cozido (afinal, ninguém cozinha arroz sem água). Dessa mesma forma, a conta de luz não é gasto, é uma troca. Trocamos por comodidade, para podermos usar o computador, a geladeira, o chuveiro de água quente.

Quando fazemos um “gato”, queremos receber algo sem pagar. Nesse pensamento, está a ideia de que não temos dinheiro para sustentar esse serviço; logo, estamos emanando carência. Ou mesmo quando pagamos, mas o fazemos de malgrado, estamos dizendo para o universo que somos carentes e que esse dinheiro vai fazer falta. Se, inconscientemente, estamos falando para o universo que esse dinheiro vai fazer falta, ele fará falta. Porque carência atrai carência.

Mas ninguém se lembra, na hora de pagar a conta de luz, de que está pagando por um benefício que recebeu. Se a conta de luz é alta ou não, isso é outra questão. Agora, reclamar toda vez que pagamos uma conta, um produto ou um serviço, afasta a prosperidade da nossa vida, pois, se mandamos falta, recebemos mais falta. Não há como escapar dessa lei universal.

Livros Recomendados:

Copyright do texto © 2022 Tibério Z Dados internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) Todos os direitos reservados. Nenhuma parte deste artigo pode ser reproduzida ou usada de qualquer forma ou por qualquer meio, eletrônico ou mecânico, inclusive fotocópias, gravações ou sistema de armazenamento em banco de dados, sem permissão por escrito, exceto nos casos de trechos curtos citados em resenhas críticas ou artigos de revistas. (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil) ISBN: 978-65-00-27681-7

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante:Esse site faz uso de cookies para melhorar a sua experiência de navegação e recomendar conteúdo de seu interesse.